videolaparoscopia

          Laparoscopia ou Videolaparoscopia é o termo que se dá ao procedimento cirúrgico realizado por técnica minimamente invasiva, composta pela inserção de portais através de pequenas incisões na parede abdominal, pelos quais o cirurgião introduz instrumentos específicos para a realização da cirurgia. A técnica é considerada de eleição ou "padrão ouro" para o tratamento e diagnóstico de algumas patologias, como a cirurgia da Vesícula Biliar, por exemplo.

          Várias são as vantagens da utilização da técnica de Videolaparoscopia em relação à cirurgia tradicional aberta. Estas incluem menores incisões com consequente menor dor pós operatória e cicatrizes mais imperceptíveis, retorno mais precoce às atividades habituais, menor risco de sangramento, menor exposição dos órgãos internos a potenciais contaminantes e menor tempo de hospitalização. 

laparoscopia 6.jpg

 

          Os instrumentos utilizados para a realização do procedimento incluem, basicamente, a óptica, pela qual o procedimento é filmado em tempo real e transmitido à tela da torre de vídeo e ao menos dois portais adicionais, pelos quais o cirurgião pode introduzir instrumentos para ambas as mãos, variando de tesouras, pinças, afastadores e coaguladores.

 

          Cada tipo de cirurgia por vídeo, obviamente, varia muito na instrumentação, equipe necessária, resultados pós operatórios e diferenças mais ou menos significativas em relação à cirurgia aberta. Há de se considerar a precisa indicação da via utilizada, considerando o fato de nem todo paciente e caso clínico serem aptos para tal.

laparoscopia portais.jpg
laparoscopia nefrectomia incisoes.png

          Na área urológica, a técnica é mais rotineiramente utilizada para a realização de cirurgias de rim (em especial a Nefrectomia, ou tratamento dos tumores renais), Glândula Adrenal, Próstata (Prostatectomia para tratamento do Câncer de Próstata), Pieloplastia (cirurgia para correção de obstrução congênita do rim), entre outras.

IMG_0434 filtro.JPG